top of page

Alma

Às vezes

a nostalgia...


A alma

como se recordasse

outro espaço

outro tempo

outro estado.


A alma

quando ainda nem nascemos

e vagava

vagava no vento

vagava nos coqueirais

vagava no tempo

tempos ancestrais

e a alma que hoje temos

não fosse mais

que uma pálida cópia de outros dias

quando nos bate a nostalgia

esse banzo do Jamais.


Somos o infinito

de vez em quando revelado

nesses rasgos da alma

nessas agonias

quando o espírito espreita

do lado de lá

e já não lhe basta mais o dia

a monotonia do seu estado atual.


Quer navegar!

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo

O tempo joga contra ou a favor de mim. Contra quando é curto pra tudo o que espero: se esvai num minuto. A favor quando se trai por ser quem é: passageiro! O tempo não pára seja bom seja ruim. Por iss

Comments


bottom of page