top of page

Solidão

À noite

escuto passos na calçada.

Molhada pela chuva

fá-los ressoar.


A cidade dorme!

(Todos já foram dormir).


Para mim

ainda é cedo.

Para minha alma inquieta

o silêncio da hora me contagia

torna-a mais interessante

e extasia

quem acordado está

e medita

no Sim e

no Não

dessa vigia.


Passos na calçada...

Quem será?


Um companheiro de jornada?


Que nada!


Apenas alguém

que volta tarde para casa

extraviado da manada

e torna rápido

e indiferente

ao ritmo das Coisas.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo

O tempo joga contra ou a favor de mim. Contra quando é curto pra tudo o que espero: se esvai num minuto. A favor quando se trai por ser quem é: passageiro! O tempo não pára seja bom seja ruim. Por iss

Comments


bottom of page