top of page

PARÁBOLA DOS HOMENS PERFEITOS

Quando Deus criou o mundo fez os homens perfeitos, porque eles deveriam ser o coroamento da sua Criação.   

Não havia mal que os afligisse, todos possuíam o que desejavam e cada qual bastava-se a si mesmo. Não havia fome, não havia guerras, não havia calamidades, doenças nem disputa de qualquer natureza.   

Percebeu, no entanto, o Senhor que não existia amor entre os homens. Como eles eram perfeitos não tinham necessidade um dos outros. De modo que, se havia perfeição nas partes, o todo saía prejudicado. 

Decidiu, então, o Senhor tirar um pouco de virtude de cada um. Não sendo mais perfeitos, teriam de buscar no outro aquilo que lhes faltava.  

Permitiu o Senhor, dessa forma, que a dor e o sofrimento dessem entrada no mundo.  

Com apenas um pouco de virtude subtraída Ele estabeleceu um novo equilíbrio entre os homens, fazendo com que eles tivessem de aprender a coexistir e a descobrir no outro o complemento que lhes faltava.  

Assim, embora as causas do sofrimento sejam as nossas imperfeições, sem elas não saberíamos o que é o amor. 

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page